Assaltos inusitados

Policiais do Condado de Suffolk, em Nova York, tiveram que lidar com uma situação inusitada. Uma mulher resolveu deixar sua filha, de seis anos de idade, dentro de um táxi para tentar roubar um banco na cidade americana de Islandia.

De acordo com nota divulgada pela polícia, a americana Diana Marini, de 28 anos, entrou no banco Chase e anunciou o assalto. Após deixar o estabelecimento, a mulher entrou em um táxi, onde sua filha a esperava junto do motorista, e todos seguiram até serem localizados. Marini foi detida e acusada pelos crimes de roubo em primeiro grau e ameaça ao bem-estar de uma criança. Sua filha está sob os cuidados de familiares, e o Conselho Tutelar da região foi notificado da ocorrência.

Ainda em outubro, uma situação similar aconteceu na mesma área. Madison Munoz, de 20 anos, foi presa por tentar roubar o “Bridgehampton National Bank” enquanto seu filho, de apenas dez meses de idade, ficou dentro de seu veículo .

Freiras peculiares

Em agosto, de acordo com a Fox News , o Citizens Bank da cidade de Tannersville recebeu visitas inconvenientes.  Com roupas típicas de freiras – o chamado hábito religioso – uma dupla de mulheres invadiu o estabelecimento e usou uma arma para intimidar os funcionários e clientes.

Vestindo trajes tradicionais de freiras, as duas mulheres invadiram um banco na cidade de Tannersville, nos Estados Unidos
Reprodução/Twitter FBI Philadelphia

Vestindo trajes tradicionais de freiras, as duas mulheres invadiram um banco na cidade de Tannersville, nos Estados Unidos

 

 

E olha essa história….

Nua, idosa de 91 anos “persegue” ladrão e impede assalto em sua casa
A americana Patricia Mulkeen, de 91 anos, percebeu que algo estava errado quando, às duas horas da manhã, seu cachorro Pepper começou a latir sem parar. Preocupada – e completamente nua – ela se levantou para averiguar a situação.

“Armada” com uma lanterna, a idosa começou a gritar e perseguir o assaltante. Depois de perceber toda a movimentação, seu marido Jack Mulkeen chamou a polícia. De acordo com o portal Metro , o ladrão foi identificado como sendo o americano Joseph Parent, de 28 anos, que logo foi detido nos arredores da residência dos Mulkeen. O caso aconteceu na cidade de Yarmouth, nos Estados Unidos.

Gato super-herói

Esta, porém, não foi a primeira vez que uma situação “inusitada” impediu um assalto.  Aliás, aposto que você já ouviu falar de cachorros que conseguiram impedir invasões, assaltos e até mesmo tentativas de assassinato. Mas quantas vezes o dia foi salvo por um gato ?

O gato  Binky protagonizou um desses atos heróicos no mês de junho, quando atacou um homem que tentava invadir a sua casa em Indianápolis, capital do estado de Indiana, nos Estados Unidos.

Em entrevista para a  NBC News ,  Cynthia Kootz, a dona de Binky contou que o felino começou a rosnar, denunciando um barulho em sua garagem, e este foi o primeiro sinal de que algo estava errado. Logo depois, um homem apareceu em sua janela e não parava de pedir para que Kootz o deixasse entrar na casa.

Identificado como Earl Scruggsk, o ladrão resolveu que entaria na casa a qualquer custo, e quando percebeu que era possível passar pela janela, não hesitou em tentar. Ele só não contava com a presença de Binky, um animal de quatro patas que mantém seus dentes muito bem afiados.

O felino  atacou  o invasor em potencial, fazendo o melhor trabalho que pôde para deixar suas marcas no homem e arrancar um pouco de seu sangue. O que funcionou perfeitamente, aliás.

Quando a polícia chegou à casa da idosa, o homem de 41 anos ainda tentava se recuperar do ataque animal, e os ferimentos foram graves o suficiente para que paramédicos tivessem que ser chamados.

Fontes: Último Segundo – iG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *