As 50 cidades mais perigosas do mundo

A América do Sul e Central dominam uma lista das cidades mais violentas do planeta, com os Estados Unidos e a África do Sul também aparecendo.

Los Cabos, no México, foi eleita a cidade mais violenta do mundo, com Caracas, na Venezuela, e Acapulco, em segundo e terceiro respectivamente. Das 50 principais cidades, 42 delas estão na América do Sul.

Nos Estados Unidos, as cidades de St Louis, Baltimore, Nova Orleans e Detroit também fazem parte da lista, com a Cidade do Cabo, Durban e Nelson Mandela Bay, da África do Sul, aparecendo no top 50.

Jamaica, Honduras, Porto Rico, Colômbia, El Salvador e Guatemala também participaram.

O Brasil foi o país que apresentou o maior número de vezes, com 17 cidades na lista, seguido por México, Venezuela e Estados Unidos. Entre as mais violentas estão Natal, Fortaleza, Maceió, Aracaju, Recife, Salvador, João Pessoa, Manaus, Porto Alegre, Macapá, Campina Grande e Vitória.

A lista foi cumprida pelo grupo de reflexão anti-violência mexicano Seguridad, Justicia Y Paz (Segurança, Justiça e Paz) e classifica cada cidade de acordo com a taxa de homicídios por 100.000 habitantes.

No caso de St. Louis, os pesquisadores descobriram que, em 2017, havia 205 assassinatos de uma população de 300.000 habitantes, com uma taxa de homicídios de 65,83 por 100.000 pessoas, ocupando a 13ª posição. A violência no estado do Missouri tem estado borbulhando desde os distúrbios de Ferguson em 2014 e 2015.

A Venezuela foi tomada por protestos contra o governo, muitas vezes violentos em 2017, em meio a fome generalizada e alegações de corrupção contra o regime de Nicholas Maduro. A violência no México, atormentado por cartéis, viu um aumento acentuado em 2017, diz o relatório, com 12 cidades incluídas na lista, onde havia apenas cinco em 2015.

As 50 cidades mais violentas do mundo

 

Fonte: http://www.dailymail.co.uk/news/article-5481483/42-worlds-50-violent-cities-South-America.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *